Acia Ariquemes
Top
Email de Suporte:
info@aciaariquemes.com.br
Fone:
69 3535-2018
Funcionamento
Segunda - Sexta 08:00 - 18:00

Sobre


HISTÓRICO
ACIA

No ano de 1980, incentivados por vários colegas comerciantes, Hokney de Moraes França e Osvaldo Daltiba fundaram no dia 20 de setembro daquele ano a Associação Comercial e Industrial de Ariquemes. Por motivos de ordem pessoal, o comerciante Hokney mudou-se de Ariquemes em seguida. Por esse motivo a Acia ficou um período praticamente inativa. Em Março de 1983, mais precisamente no dia 22, uma nova diretoria foi eleita tendo como presidente o empresário José Marcio Londe Raposo e como vice Miguel Gorgulho dos Santos
(falecido), que fez com que a Associação cumprisse sua finalidade que era e continua a ser, orientar e efender os interesses da classe.

Em julho de 1985, foi eleito presidente Sebastião Rabelo Queiroz Filho que teve como vice Claudine Manoel Almeida Sales (ambos de saudosa memória), foi aquela diretoria que conseguiu junto a Prefeitura Municipal a oação do terreno para a construção da Sede Própria e a instalação do Serviço Central de Proteção ao Crédito - SCPC que inclusive era um serviço particular. A sede própria foi inaugurada ainda na gestão da diretoria em referência.

Para o biênio 87/88, foi eleita a chapa encabeçada por Edmundo Lopes de Souza e Antonio Louzada de Almeida. Foi nesse período que a Acia atuou com uma nova dinâmica, com a participação ativa na defesa dos interesses da classe e da comunidade. Vale salientar, que Edmundo Lopes deixou o cargo antes do término da gestão por motivos particulares. Seu vice Louzada, assumiu a presidência e foi efetivado por mais um ano quando em 25 de agosto de 1989 deu posse ao eleito Rosalvo Clementino de Oliveira e seu vice Daniel Biond. Foi naquela gestão que além de várias ações em favor da classe, foi elaborado e aprovado o Regimento
Interno da Acia e efetuada a compra do primeiro computador que propiciou mais agilidade ao SCPC.

Em 1º de agosto de 1991, foi eleita a chapa que tinha como presidente Gilberto de Assis Miranda e Marcos Antonio Daltiba como vice. Foi no primeiro ano daquela gestão que com a colaboração do engenheiro Otávio Passareli, foi iniciada a construção do Auditório da Acia. Ainda em abril de 1992, Gilberto Miranda passou a presidência a Marcos Daltiba que concluiu a gestão e foi reeleito para o biênio 93/95 tendo como vice Paulo Henrique Antunes. Nesse período, foi concluída a obra do Auditório que deu uma nova projeção à Associação além da implantação do Protecheque e a criação do Natal da Sorte.

De 11 de agosto de 1995 a 31 de julho de 1997, a presidência novamente foi exercida por José Marcio Londe Raposo que teve como vice Milton Aparecido de Lima. Em sua segunda gestão, além da preocupação em
proteger a classe, promoveu várias manifestações em prol da comunidade entre elas a criação do Conselho Comunitário de Segurança que deu apoio moral e financeiro as Polícias Civil e Militar. Foi durante essa gestão que o Auditório foi modernizado com a aquisição de Equipamentos de Som e Vídeo, três centrais
de Ar-Condicionado e assentos para todo o auditório. Também em parceria com a Prefeitura e Sebrae foi construído o Pavilhão do Empresário no Parque de Exposição da Apa. Já em 1997 houve a Campanha para reabilitação dos inadimplentes no Comércio; Campanha de incentivo aos alunos da Emarc com o
objetivo de criar projetos de incentivo aos pequenos produtores e a participação na aquisição de um novo caminhão para o Corpo de Bombeiros entre outras.

Em agosto 1997, tomou posse como presidente Antonio Aparecido Custódio. Nesse período, a entidade apoiou a criação e a instalação da Rádio Comunitária Alternativa; realizou a campanha Mamãe Feliz cujo prêmio foi um carro Zero km; a contratação de um advogado para prestar assistência jurídica aos associados sem custos pelas consultas; parceria com a Prefeitura Municipal, Acia e Sebrae para ampliação do Pavilhão do Empresário no Parque da Apa; idealizou a Construção da Capela e ainda a implantação do SPC a nível de Estado.

Milton Aparecido de Lima tomou posse em agosto de 1999, entre outras ações efetivou a aquisição do terreno para construção da Capela Ecumênica bem como a elaboração do projeto. Efetivou a implantação do SPC a  nível estadual.

Em agosto de 2001 assumiu a presidência Idair Pasqualini de Assis. Nesse período podemos destacar atividades como a Palestra com Gilcler Regina; ajuda financeira ao Senai; Implantação do Núcleo de Desenvolvimento Regional com a contratação/convênio do economista Linhares Lounieres de Aragão; e efetivação do SPC a nível nacional entre outras.

José Marcio Londe Raposo retornou à presidência pela terceira vez em 2003, nessa gestão podemos citar a conclusão da obra da Capela Ecumênica; palestras com o Dr. Lair Ribeiro e Alfredo Rocha; aquisição e instalação da subestação de energia elétrica e a reforma geral do Auditório.

Márcio Raposo foi reeleito, iniciando o seu quarto mandato. Foi lançado o projeto para capacitação de mão-de-obra, para um futuro projeto Pólo Calçadista. Em 15 de janeiro de 2007 foi aprovada a construção da nova sede da ACIA e do SPC, em um prédio de moderna arquitetura, que teve a sua construção iniciada na primeira quinzena do mês de abril de 2007. 

Em Agosto de 2007, tomou posse a nova diretoria da Associação, tendo como presidente o Sr Donizetti José. Foi na gestão desse presidente que a ACIA realizou um estudo mostrando que a taxa de juros do FNO  everiam ser reduzidas, feito que culminou com a edição do decreto presidencial 6367 de 31/01/2008. Nesse  período a ACIA também encabeçou mobilizações em prol da melhoria da segurança pública da região. No dia 27 de julho de 2009, a nova sede da ACIA foi inaugurada; um amplo e moderno complexo foi entregue a população de Ariquemes.

Donizetti foi reeleito para o biênio 2009/2011 no dia 24 de julho. No dia 6 de setembro, a ACIA encabeçou uma marcha pela paz, que fechou o comércio da cidade, após a morte do empresário Moises Carlos Batista – a ação foi decisiva para que o Governo do Estado melhorasse a segurança pública nossa cidade. Com o apoio da associação começaram a ser realizados os leilões em prol do Hospital do Câncer de Barretos, entidade que atende a maior parte dos pacientes com essa doença. Depois
de mudança no estatuto da ACIA uma eleição foi convocada para o dia 15 de dezembro de 2010, onde Jonas Perutti foi eleito presidente, tendo como vice a empresária Deize Salete. Foi nessa gestão, em 2011, que a ACIA assumiu a coordenação da Femuar (Feira Multisetorial de Ariquemes), em parceria com o Sebrae. Em 2011 a ACIA também assumiu a decoração de natal das principais ruas e avenidas da cidade e também construiu a maior árvore de natal da região Norte com 50 metros de altura. Nessa gestão a ACIA realizou em 2012 uma das maiores edições da campanha Natal da Sorte, tendo como premiação 10 carros, 10 motocicletas e outros 81 prêmios.

Já no dia 3 de janeiro de 2013, o empresário Antônio Custódio tomou posse como presidente da ACIA, para mandato no biênio 2013/14. 

Deixe Seu Comentário


Receba Nossas Novidades